corre no mar a tua sombra 
me fazendo entender 
que a vida junta a gente por aí 
e como pode, eu que nunca mais te vi 
sonhar ainda com a tua luz?






Nenhum comentário:

Postar um comentário